Sem dinheiro para montar o elenco, Barcelona de Vilhena desiste da disputa do Estadual Feminino de Futebol de 2022

  • 09/09/2022
  • 0 Comentário(s)

Sem dinheiro para montar o elenco, Barcelona de Vilhena desiste da disputa do Estadual Feminino de Futebol de 2022

Alegando problemas financeiros, a diretoria do Barcelona de Rondônia oficializa junto à Federação de Futebol de Rondônia desistência de participação do Campeonato Rondoniense de Futebol Feminino da temporada 2022.

Vice-campeão estadual em 2021, o Barcelona da cidade de Vilhena herdou a vaga do Real Ariquemes Feminino (campeão estadual), com vaga no Brasileiro Feminino da Série A2, representou o futebol feminino rondoniense na primeira edição do Brasileirão Série A3 Feminino promovido pela CBF, nesta temporada de 2022, tendo feito uma campanha expressiva ao superar o Rio Branco do Acre, na primeira fase da competição, com duas vitórias nos jogos de ida e volta, classificando-se para a segunda fase: as oitavas de finais.

Foram duas vitórias consecutivas nos confrontos do Barça feminino com o Rio Branco, representante acreano na primeira edição do Brasileirão Feminino A3. No jogo de ida, na capital acreana, as meninas do Barcelona derrotaram as meninas do Estrelão (Rio Branco) por 4 x 0) e no jogo de volta aplicaram uma nova goleada: 6 a 1, em partida disputada no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.

Nas oitavas de finais o Barcelona de Vilhena enfrentou o 3B do Amazonas. No primeiro confronto perdeu por 1 a 0, jogando em Vilhena, no estádio Portal da Amazônia, e no jogo de volta foi derrotado por 3 a 1, em partida realizada na Arena da Amazônia, em Manaus. Com os resultados, o representante amazonense avançou na competição e chegou à disputa do título de campeão da Série A3, com o Taubaté, ficando com o vice-campeonato.

FALTOU DINHEIRO

Para o estadual feminino deste ano de 2022 a expectativa era de que o Barcelona retornasse à representar Rondônia na temporada 2023 na disputa do Brasileirão da Série A3 e fazer novamente uma campanha positiva para obter acesso à Série A2. Com isso Rondônia poderia ter dois times nas duas primeiras divisões brasileira, abrindo vaga para mais uma equipe do Estado na Série A3 em 2024.

“Mas faltou dinheiro. Não dá para montar um elenco, assim , de uma hora para outra. Se a Federação Rondoniense de Futebol tivesse definido um calendário, os clubes teriam como se planejar na busca de apoio financeiro para arcar com as despesas, que não são poucas, para a disputa da competição estadual. Só sabe o quanto custa montar um grupo de atletas para cumprir os compromissos de um campeonato é quem está do lado de cá do balcão”, deixou claro em entrevista à Imprensa local (Resenha no Mundo da Bola, da Rádio Capital FM PVH), a gerente de futebol do Barcelona e responsável pela montagem do elenco da temporada 2021, que conquistou o vice-campeonato estadual da temporada e do elenco de 2022 para disputara a Série A3 e que avançou de fase no Brasileiro Feminino dessa temporada.

“Falta comunicação entre a diretoria da Federação de Futebol de Rondônia e os clubes”, disse em entrevista a gerente de futebol do Barcelona de Vilhena. “Mandamos um Ofício para a entidade e depois de 15 sem resposta quisemos saber o que estava acontecendo para não terem nos dado uma resposta e só assim foi que o documento andou. A assessoria da FFER blinda o presidente, não sei porque” desabafou a dirigente de futebol feminino, que já foi jogadora de futebol. 

Texto: JBGouveia¦ Capital FM pvh /  Imagem: Eleve Sports


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes